#11 Pensando como um negro

Neste episódios, em função do mês da Consciência Negra, discutimos com Adilson Moreira qual o papel dos indivíduos nas hierarquias sociais e como isso tem impacto e influência diretamente o interprete do direito. 

 

Esse é um pressuposto que aposta numa espécie de hermenêutica anti-subordinação e que, em função disso, pode exercer um importante papel no processo de emancipação de minorias raciais.  Logo, ele aposta que a experiência das minorias raciais pode servir como parâmetro normativo orientador da interpretação e da aplicação do princípio da  igualdade. 

 

Esse é um argumento que demonstra como o uso do formalismo jurídico e da neutralidade racial, conhecido em nosso país como democracia racial, tem consequências negativas para a interpretação do da igualdade.

Então, vai lá e aperte o play!
 

Indicações de leitura relacionadas ao tema deste episódio:

 

- Indicações feitas por Adilson José Moreira:

Coleção feminismos Plurais;

# Legitimizing racial discrimination through antidiscrimination law: a critcal review of supreme court doctrine (Alan David Freeman) link: shorturl.at/cijU6

# Intersectionality, identity politics, and violence against women of color (Kimberlé Williams Crenshaw) Link: shorturl.at/fwD23;

#Groups and the equal protection clause Link: shorturl.at/ksW29.

Adilson José Moreira é mestre é doutor em Direito Constitucional Comparado pela Universidade de Harvard. Doutor em Direito Constitucional pela Faculdade de Direito da UFMG. Graduado em em Psicologia pela UFMG. Pesquisador Visitante na Faculdade de Direito da Universidade de Yale (2002- 2003) e Professor na Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Lattes: shorturl.at/lOPU8

Imagem: foto capa do livro do autor.

Curta e siga nossas redes sociais e ajude-nos a divulgar nosso trabalho:

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Grey Facebook Ícone
  • Instagram - Cinza Círculo
  • Twitter - círculo cinza
spotify-podcast-badge-blk-grn-660x1602.p
Spreaker.png