#06 Filosofia Radical

Filosofia Radical. O que é isso? Neste episódio convidamos o Professor Andityas Soares de Moura Costa Matos para conversar com a gente sobre as ideias que tem desenvolvido ao longo dos últimos anos. Para o Professor “há muito tempo a filosofia se tornou uma disciplina inócua que em nada se relaciona com a realidade social, limitando-se a ser objeto de discussões acadêmicas especializadas e desvinculadas de quaisquer práticas libertárias”. Uma filosofia radical, pelo contrário, é sempre incendiária de ideias e de mundos. Ela não espera o acontecimento como a coruja de Minerva, mas assume os riscos de pensar o tempo-de-agora e sua transformação.

 

Focando na relação entre a Filosofia Radical e o Direito debatemos sobre o atual estado do ensino da Filosofia do Direito nas universidades brasileiras e a necessidade de superação de um paradigma excessivamente liberal.

 

Para saber mais você já sabe, né!? É só apertar o play!

Indicações de leitura relacionadas ao tema deste episódio:

 

- Referências indicadas por Andityas Soares de Moura Costa Matos:

# Filosofia Radical e Utopias da Inapropriabilidade - uma aposta an arquica na multidão (Andityas Soares de Moura Costa Matos);

# Profanações - Texto Elogio da profanação (Giorgio Agamben);

# Walter Benjamin: aviso de incêndio uma leitura das teses “Sobre o conceito de história” (Michael Löwy);

# A violência e a Palavra (Robert Cover)

 

Andityas Soares de Moura Costa Matos é Professor Associado I de Filosofia do Direito e disciplinas afins na Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais (Graduação e Corpo Permanente da Pós-Graduação). Professor Visitante na Universitat de Barcelona (Espanha) entre 2015 a 2016 e Pesquisador colaborador no Departamento de Filosofia da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) entre 2014 a 2015. Coordena os Projetos de Pesquisa Filosofia Radical do Direito e do Estado, O Estado de Exceção no Brasil Contemporâneo: Para Uma Leitura Crítica do Argumento de Emergência no Cenário Político-Jurídico Nacional e Desobediência Civil e Democracia: A Participação Cidadã Não-Violenta Como Estratégia de Luta por Direitos em Contextos de Exceção Econômica Permanente.

 

Imagem: passapalavra

Curta e siga nossas redes sociais e ajude-nos a divulgar nosso trabalho:

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
spotify-podcast-badge-blk-grn-660x1602.p
Spreaker.png